A LIÇÃO DA ORQUÍDEA



Em uma região muito florida cheia de sol, canto de pássaros vivia uma linda orquídea.

Todos os dias ao amanhecer a orquídea contemplava o céu azul, o cantar dos pássaros e se aquecia o sol e se inspirava ao luar para mais um dia.

- Que belo dia! Como sou feliz aqui no meu jardim, tenho tudo que preciso. Dizia e suspirava a orquídea.

Muitos dias se passaram e repetidas vezes a orquídea dizia as mesmas palavras e os mesmos sentimentos de gratidão por sua maravilhosa vida.

Até que um dia despertou com um imenso barulho de máquinas. A orquídea se viu em grande risco, o seu mundo estava sendo ameaçado. O local onde ela morava fora vendido para a construção de um Shopping e ela estava prestes a ser arrancada. Mas, por sua sorte um dos funcionários que estavam ali para a limpeza daquele local se maravilhou com a beleza da orquídea e resolveu então arranca-la para que as máquinas não lhe tirassem a beleza.

O jovem sem mais esperar arrancou-a de seu lugar perfeitinho e a levou para casa. Ao chegar em casa mais que depressa preparou um lindo vaso para replantar a orquídea. Regou, colocou nutrientes e permaneceu cuidando.

A orquídea não reagia a nada que o jovem fazia, parecia sofrer imensamente e foi secando, secando até não restar mais nenhuma flor, apenas um galho que ao olhar mal se sabia de qual espécie era aquela planta. Dias se passaram e o estado da orquídea permanecia o mesmo.

Nada que o jovem fazia não surtia efeito algum. E então desistiu. Deixou-a por ali mesmo em um ambiente escuro, em um canto sem luz, sem nutrientes, sem água, afinal a orquídea já tinha desistido.

O tempo passou e o jovem então resolveu ir ver a orquídea para joga-la fora, mas, para a sua surpresa a orquídea estava reagindo, começava a trazer um novo broto.

O jovem então comovido pela força daquela orquídea colocou-a em um local especial da casa, no seu jardim, junto a árvores, flores e pássaros de onde ela pudesse todos os dias contemplar o pôr do sol, a lua, e conviver com o perfume de outras flores.

Esta é apenas uma história imaginária. Mas você sabia que quando a orquídea para de florescer, se deixarmos ela no escuro sem água e sem nutrientes por um tempo, ao replanta-la ela passa a florescer novamente?

Assim somos nós, muitas vezes permanecemos em nossa zona de conforto, aceitando tudo como está, mas de repente somos “arrancados” desse lugar de conforto, entrarmos em nossas sombras para então retornarmos com mais força, novos horizontes e então florescer.

Elke Hipólito e Eddy Brito.


186 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

O orixá

O orixá, ou a energia tempo. Lembro me uma vez de ir a um terreiro e dentro da minha ignorância perguntei ao medium quais eram seus orixás, e esperando que ele me disesse um dos normais como Ogum, Xan

© COPYRIGHT 2020 Núcleo Avatar todos os direitos reservados